Rafael Frota

 

 
 

is a photographer based in Rio de Janeiro, Brazil

 
 

 
 
 

Toda arte é inútil (Oscar Wilde)

Meu trabalho nasce da minha necessidade de não dizer nada. Apesar da pós-modernidade muitas vezes pregar com veemência o contrário, nem sempre é essencial uma descrição que sirva de intermediária entre o que vemos e o que sentimos, pois acredito que a problematização indiscriminada é um entrave para um fruir mais verdadeiro e profundo.

Influenciado por movimentos como o Pictorialismo, Esteticismo, Surrealismo e Fotografia Expandida, desenvolvo processos experimentais onde me utilizo como pilar central a trivial, porém não obsoleta, ideia de “ars gratia artis”. Através de intervenções gráficas, procuro transcender a realidade característica do meio fotográfico e criar atmosferas mais expressivas que permitam à imagem um olhar mais estético e menos cognitivo. Nela não há nada a ser compreendido — apenas sentido ou não.

[English text after the images]

 
 
 
 
 
 

All art is useless (Oscar Wilde)

My work is born of my need to say nothing. Despite post-modernity often & vehemently preaching the opposite, any description that would serve as an intermediary between what is seen and what is feelt it is not always essential, as I believe that indiscriminate questioning is an obstacle to a deeper, more meaningful appreciation.

Influenced by movements such as Pictorialism, Aestheticism, Surrealism and Expanded Photography, I develop experimental processes where I use as a central pillar the trivial, but not obsolete, idea of "ars gratia artis". Through graphics interventions I try to transcend the characteristic reality of the photographic medium in order to create atmospheres that allow viewers to perceive my image in a more aesthetic and less cognitive mode.

In what I do there is nothing to be understood - there’s either meaning or nonesuch.

[Translated to English by Charles K.]

 
 

PHOTOGRAPHER
@rafaelfrota_


MODELS

Alice
Lorelei
Maria
Opus Anonymous
Sarah 

 
 

 
 
WASE Magazine